"Eu sou um intelectual que não tem medo de ser amoroso, eu amo as gentes e amo o mundo. E é porque amo as pessoas e amo o mundo, que eu brigo para que a justiça social se implante antes da caridade."

Paulo Freire.

Pesquisar neste blog

Carregando...

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Brinquedotecas Hospitalares

Apoio na recuperação de crianças hospitalizadas

A Brinquedoteca Hospitalar é uma iniciativa do
Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e Governo de Minas que objetiva contribuir para a recuperação de crianças em tratamento em hospitais públicos ou filantrópicos, por meio de atividades lúdicas. O programa foi lançado em 2007 pela presidente do Servas, Andrea Neves.

Com o apoio de parceiros e do Governo de Minas, por meio do
Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca) , o Servas se responsabiliza pela adaptação dos espaços. São projetadas considerando-se as necessidades afetivas, sociais e psicopedagógicas de crianças hospitalizadas. Um dos resultados do programa é tornar a criança parceira ativa de seu tratamento, aumentando a aceitabilidade em relação à internação.

Todas as unidades são equipadas com mobiliários específicos, equipamentos eletrônicos ( som, TV, DVD e computador) brinquedos pedagógicos, jogos e obras infantis, como livros, CDs e DVDs, para crianças até 14 anos.


Já foram implantadas cinco Brinquedotecas Hospitalares em Belo Horizonte, sendo duas em alas pediátricas da Santa Casa, uma no Hospital Infantil João Paulo II, uma no Hospital da Baleia e outra no Centro Psíquico da Adolescência e Infância (Cepai).


"A Brinquedoteca é muito mais que um lugar só para brincar. É um espaço de cura, de tratamento, onde as crianças podem recuperar as alegrias do dia-a-dia", disse a presidente do Servas, Andrea Neves.




http://www.brinquedoteca.servas.org.br/a-brinquedoteca/hospitalar/

Nenhum comentário:

Postar um comentário